Estudantes de Pernambuco criam fralda biodegradável revolucionária por apenas R$1,40

Cinco estudantes da rede pública estadual de Pernambuco criaram um modelo de fralda biodegradável infantil chamado “EkoFraldas” com um custo de apenas R$ 1,40. Este projeto foi concebido por alunos da Escola Técnica Estadual (ETE) Paulo Freire, localizada na cidade de Carnaíba, no Sertão.

Publicidade

A ideia das EkoFraldas surgiu como parte de um projeto escolar, no qual os estudantes foram desafiados a identificar um problema social e apresentar uma solução prática e viável para resolvê-lo. Ao longo do ano letivo, o grupo de alunos optou por desenvolver um projeto que abordasse a questão do uso de fraldas descartáveis.

Com base em sua pesquisa, os alunos descobriram que uma fralda de plástico do tipo convencional leva, em média, 450 anos para se decompor. Por outro lado, as EkoFraldas desenvolvidas pelos estudantes de Carnaíba iniciam o processo de decomposição aproximadamente sete dias após o uso e levam, em média, um ano para se decompor completamente, tanto na água quanto no solo.

Carregando artigos

0

pt_BRPortuguese